50 espécies da Mata Atlântica que podem ser plantadas na calçada

50 espécies da Mata Atlântica que podem ser plantadas na calçada

Do: CicloVivo

A prefeitura de Salvador, na Bahia, criou o Plano Diretor de Arborização Urbana neste ano e como parte das ações a serem colocadas em prática acaba de lançar uma cartilha bem completa para quem deseja fazer plantios nos espaços urbanos.
Quais espécies mais indicadas e como plantar árvores em calçadas são algumas das dúvidas respondidas no documento, que pode ser acessado online. Apesar de ser intitulado “Manual Técnico de Arborização Urbana de Salvador”, a cartilha pode ser aproveitada por moradores de qualquer cidade, especialmente os que vivem no bioma Mata Atlântica.

Veja alguns destaques do manual:
Orientações técnicas – Para plantios em passeios, por exemplo, o manual destaca a necessidade de verificar a largura do corredor, para harmonizar a circulação dos pedestres e o desenvolvimento da árvore. No caso de Salvador foi considerado as ruas estreitas e calçadas ainda mais estreitadas. Além disso, é preciso usar espécies com sistemas radiculares que reduzem danos nas calçadas e sistemas subterrâneos como água, esgoto e telefonia.

Fatores a considerar na hora do plantio – Porte, formato da copa (reduzindo a demanda constante e dispendiosa por podas) e adaptação ao clima. A distância da árvore de mobiliários urbanos como sinalização de trânsito, semáforos e hidrantes, é outro elemento importante considerado no manual.
Guia de espécies – Um dos diferenciais do documento é o guia com fotografias e a ficha técnica contendo informações e características de cada uma das de 50 espécies indicadas para serem plantadas em ambiente urbano, como ambiente de origem, porte, locais para plantio e folhagem. Todas as plantas citadas são nativas da Mata Atlântica. A publicação está disponível para download gratuito aqui.
Redação CicloVivo
Foto: iStock by Getty Images

0 Comment