Artigo: arborização urbana e a sua importância à qualidade de vida

Artigo: arborização urbana e a sua importância à qualidade de vida

Do Jus.com.br

RESUMO: O presente elaborado científico versa acerca da arborização urbana com ênfase a qualidade de vida. Tendo como objetivo identificar as principais espécies da vegetação arbórea para tornar os espaços públicos mais saudáveis, considerando a importância da arborização nas cidades. Isso porque é nas cidades que a ação antrópica altera sobremaneira o ambiente comprometendo a qualidade de vida de seus habitantes. Em virtude disso atualmente, grande parte da população humana convive nos espaços urbanos carecendo, cada vez mais, de condições que permitam aperfeiçoar a convivência dentro de um ambiente geralmente adverso. Com vistas a adquirir o conhecimento imperativo ao estudo proposto, utilizou-se como aporte metodológico a pesquisa bibliográfica fundamentada em fontes primárias e secundária que foram essenciais à fundamentação teórica. As diversas fontes pesquisadas permitiram dizer que arborização urbana é uma necessidade das cidades, não apenas pelas questões estéticas, atrelado a esse benefício, é preciso pensar no bem-estar e na qualidade do ar oferecido para a vida humana, consequentemente refletindo na qualidade de vida.

Palavras-chave: Arborização. Espécies Arbóreas. Qualidade de vida. Poda.

INTRODUÇÃO

A arborização urbana no Brasil tem sido uma preocupação dos ambientalistas, uma vez observados os benefícios dessa ação para a sociedade. Percebe-se que diante de uma sociedade informatizada, onde a notícia percorre o mundo em segundos, as questões ambientais estão subjugadas a um segundo plano para a população brasileira. No entanto ações pouco sofisticadas, mas com muita técnica e conhecimento específicos, traz muitos benefícios para a comunidade que recebe em suas ruas praças e avenidas um projeto de arborização urbana.

Verifica-se que essa política não chama muito a atenção do cidadão, pois a preocupação maior encontra-se voltada para as questões de lucratividade financeira e com isso estão esquecendo-se do primordial; a qualidade de vida do ser humano que depende não apenas de uma boa alimentação, mas principalmente do ambiente natural que propicia ar puro, ainda mais se tratando da zona urbana marcada por inúmeras situações de poluição ambiental.

Neste sentido, a arborização urbana traz inúmeros benefícios, tais como: ameniza as questões climáticas por meio da diminuição das amplitudes térmicas, melhora o ar a ser respirado, protege o solo contra erosão, protege das forças dos ventos, diminui a poluição sonora, absorve a poluição da atmosfera contribuindo ao refúgio da fauna, promovendo desta forma a ampliação da biodiversidade.

Para um melhor entendimento acerca do fenômeno estudado utilizou-se como norte metodológico a pesquisa bibliográfica em diversas fontes, dentre as quais pode-se citar: Alvarez (2004), Gonçalves (2000), Guzzo (2008), Dantas e Souza (2004), Moura (2010), Piveta e Silva Filho (2012) dentre outros, além da legislação constitucional e infraconstitucional acerca do tema.

Nessa perspectiva, justifica-se o referido elaborado científico, pois aborda conceitos de relevância ao tema proposto, com vista a uma reflexão crítica e analítica da arborização urbana, observando sua importância no contexto social, tendo como objetivo proporcionar ao leitor de forma objetiva e clara, técnicas e informações necessárias para a realização de uma arborização urbana planejada, seja ele, sobre o aspecto histórico, legislativo, técnicas ou em conceito atinentes a uma proposta ambiental resolutiva.

Leia mais no Jus.com.br

0 Comment